Novidades
Engordim Grão Inteiro

O Engordim Grão Inteiro é um núcleo protéico-mineral-vitaminico peletizado para engorda de bovinos no sistema de confinamentos sem volumoso. Confinamento este que poderá ser conduzido em currais próprios para confinamento ou em sistema de confinamento “a pasto”.
Tanto no sistema a pasto, como no sistema em currais, a dieta oferecida aos animais é composta de 15% de Engordim Grão Inteiro e 85% de milho grão inteiro. Dessa forma, dispensa o uso de volumoso (silagem, feno, cana picada, etc.). Assim, o produtor não precisa investir em maquinário e implementos agrícolas, como ensiladeira, vagões distribuidores, etc. As instalações também são mínimas, pois a dieta trata-se de uma mistura de grão integral de milho (sem moer) e núcleo peletizado, facilitando bastante sua mistura e distribuição.
O milho, como diz o próprio nome do produto (Engordim Grão Inteiro), não poderá ser moído, triturado ou quebrado. Tem que ser inteiro, pois nesta forma irá estimular a ruminação do bovino
O sistema de confinamento sem volumoso “a Pasto” vem a ser um sistema único de terminação de bovinos, desenvolvido pela equipe técnica da Agrocria. Esta tecnologia é uma evolução do conceito de confinamento sem volumoso. No confinamento sem volumoso quando desenvolvido no sistema tradicional de engorda confinada em currais, sem adaptação prévia dos animais a nova dieta, os animais sentem a mudança da dieta com volumoso (“capim”) para dieta sem volumoso (milho grão inteiro). Visando aprimorar este sistema, surgiu a técnica de manter os animais a pasto, permitindo o acesso dos animais ao volumoso (“pasto”), durante o período de adaptação. Desta forma, os animais não passam mais pela mudança abrupta na dieta, pois há uma mudança progressiva do pasto para a dieta de milho inteiro.
Neste sistema, os animais são mantidos a pasto, com lotação em torno de 40 cabeças por hectare, dependendo da quantidade de forragem disponível. O objetivo desta alta taxa de lotação é permitir que a disponibilidade de forragem (“pasto”), apenas durante a adaptação dos animais a nova dieta, na primeira quinzena do confinamento. Após o período de adaptação, os animais podem permanecer no pasto (piquete), ou serem transferidos para currais de confinamento. O importante é que, após o período de adaptação, não haverá forragem disponível.
No início do confinamento é realizado um período de adaptação do animal à nova dieta. Inicia-se restringindo a oferta da mistura (Engordim Grão Inteiro + milho inteiro) a 1,2% do peso vivo e vai aumentando paulatinamente a oferta até alcançar o consumo final em torno de 2% do peso vivo. A adaptação dos animais à nova dieta dura por volta de 15 dias. A dieta é distribuída em dois tratos diários, um no início da manhã e outro no final da tarde.
Em termos de desempenho animal, o grande diferencial da dieta de milho inteiro é a conversão alimentar, garantida por um bom ganho de peso (acima de 1,4 kg/cab/dia = 6@ em 90 dias de trato) associado um baixo consumo de alimento (em torno de 2% peso vivo). Nesta dieta de milho inteiro, o animal come 5,0 kg matéria seca para ganha 1,0 kg de peso vivo, enquanto nas dietas tradicionais com volumoso estes valor está acima de 7,0 kg. Outro trunfo da dieta de milho inteiro é o excelente rendimento de carcaça, em torno de 55%, aliado a um adequado acabamento das mesmas.
Além dos resultados positivos em termos de ganho de peso, consumo de alimento, conversão alimentar, rendimento e acabamento de carcaça, e custo por @ produzida um ponto importante do Confinamento com milho inteiro, particularmente no “a pasto” é, sem dúvida, a pouca estrutura exigida. Basta disponibilizar para os animais água de qualidade e a dieta de milho inteiro em cochos. Geralmente, utiliza-se bandas de tambor de 200 litros (plástico), na razão de 2 bois/banda (50 cm linear por boi). A distribuição da dieta aos animais é muito mais fácil do que no sistema tradicional, sendo possível tratar os animais a pé ou com carroça, dependendo da quantidade. Não são necessários, portanto, grande volume de mão-de-obra, bem como gastos com óleo diesel ou aquisição e manutenção de máquinas e implementos, o que facilita a adoção deste modelo também por pequenos e médios produtores, que não precisarão investir em estrutura como no confinamento tradicional.  Saiba mais


Conheça as especificações do Produto


 
  Imprimir   Enviar   Voltar   Topo   Fonte: P  M  G 





Receba boletins de nossas novidades.

Nome:
E-mail:

Nome:
E-mail:
Matriz:
Av. Castelo Branco, Nº 2870 - Setor Campinas
CEP: 74513-050 Goiânia-GO
Fone: (62) 3235-4000